terça-feira, 17 de fevereiro de 2009

Desafio....

Moro num lugar alegre e arborizado, mas faz parte da minha vida frequentar e vivenciar um hospital, onde tenho, de graça, ‘fatos e fotos’ que só me acrescentam: tenho aulas sobre valores, atitudes, metas, realidade, futilidades, sonhos... Tudo me é dado na bandeja: uma amostra do muito e do pouco que posso ser como pessoa.
Desçi e vi uma criança paraplégica, com a mãe ao lado, cobrindo seu filho de carinho. Ela me olha e eu abaixo a cabeça. Senti-me constrangida, não pelo fato em si, mas pelo seu sofrimento presente e futuro. Por saber que aquela 'dor' será para sempre.
Vejo pessoas velhas, já na última instância de suas vidas, sem sonhos, apenas esperando...
Vejo gente lutando para sobreviver, clamando por mais um tempinho de vida; vejo crianças saindo da quimioterapia, gente acompanhando seus doentes.
Tenho essas amostras, da luta pela vida, todos os dias; tenho sempre o que aprender dia-após-dia. E isso, sem querer, vai me dando outra visão das coisas, da vida e das pessoas. E posso traçar parâmetros para mim. Isso faz com que eu dê valor unicamente ao que tem valor.
Saio de uma realidade e vejo a outra: gente discutindo e se incomodando por um armário de cozinha que ficou com um 'tom' acima do idealizado, dando um valor excessivo à matéria; vejo gente falando do pedigree de seus cães querendo desmerecer os outros animais; vejo brigas enormes em inventários...
Vejo de tudo um pouco. E aí lembro do hospital. Acho que não há melhor escola do que essa minha; e procuro nunca faltar às aulas... Não quero repetir certas matérias neste mestrado de sobrevivência: quero ver se o termino com boa aprovação.

Fazia tempo que não ia em um hospital.... desde que me mudei pra São Carlos, ando de férias... me acomodando, me redescobrindo... andando de devagar e tenho ido muito pouco ao hospital, meu trabalho atualmente tem sido muito burocrático, mas outro dia eu fui.... pra matar saudade.... e aí quando cheguei em casa resolvi escrever.... Fazia tempo estava escrito..... e hoje encontrei na faxina do micro.... e o tema era DESAFIO. Achei bom compartilhar.... e pra descontrair.... LOs de desafios recentes....

Esse primeiro para o SCRAPRIO (scrap sem fio), uma delícia ver seu Lo no meio de uma sequência... E esse segundo para o DSM (scrap redondo):

Bom meninas... desculpem o texto meio pesado, mas serve pra reflexão....

Super beijo!!! Bom scrap!!!

9 comentários:

Lany disse...

adorei os Los, e adoro essa brincadeira de SSF

Si Alem disse...

Dra!!! Precisamos ter um particular...

Laura a vida é assim, cheia de contrastes e sorte de quem consegue percebê-los.

Amei seus LOs. Que coisa mais linda esses papéis, amei esse passarinho com o journaling, assim antiguinho. Muito fofo.

Beijo

Marta disse...

Lendo seu texto me fez recordar o meu dia a dia. Sinto o mesmo...trabalho numa disciplina da Unifesp (fac. medicina) e pelas ruas ao redor de onde trabalho a realidade das pessoas é assim, triste, sofrida e carente...aprendemos a valorizar o pouco (ou muito) que temos...sou grata a Deus por tudo de bom que nos dá a cada dia, saúde principalmente, o trabalho, o amor...o resto a gente vai conquistanto quando dá...
amei seus LOs acima...todos lindos!bj

patricia dias disse...

O blog sumiu com o meu recado... afff...

resumindo... adorei os 2, especialemente o circular.

O texto não é pesado não... é bom p/ refletrimos sobre o que relamente vale a pena nessa vida.

bjos,

Sheila disse...

Querida, é isso ai, falou tudo!!! è triste ver as pessoas lutando pela vida, e outras lutando, competindo por idiotices! e quando é na nossa cara e nossa familia é ainda pior... Ver alguém morrer aos poucos é mesmo de mudar tudo, todos as idéias e planos... Porque a vida é tão preciosa, tão incerta em relação ao tempo! temos mesmo é que valorizar OUTROS sentimentos! Sou sua fã! beijos

Sheila disse...

Amei esse Lo redondo, ficou lindo! beijos

Fabi disse...

Oi amiga, também não achei o texto pesado, e a vida não é feita só de cor de rosa né? Gostei dos LOS, lindos, as usual ;) Bjocas

Grasi disse...

Amei seu texto, me emocionei, hoje apesar de viver em outro pais, mesmo do outro lado do oceano, meus principios continuam os mesmos, e hoje ao ler seu texto veio a tona a paralisia que eu tive por 6 meses(sindrome de Guilian Barret)e parei para refletir mais uma vez como temos que dar GRAçAS a DEUS todos os dias por estarmos vivos e com saude. Eme fez lembrar tambem que TEMOS SEMPRE QUE TER VONTADE DE VIVER A VIDA INTENSAMENTE!!!Ou seja somos felizes por estarmos vivos...

Grasi disse...

Amei seu texto, me emocionei, hoje apesar de viver em outro pais, mesmo do outro lado do oceano, meus principios continuam os mesmos, e hoje ao ler seu texto veio a tona a paralisia que eu tive por 6 meses(sindrome de Guilian Barret)e parei para refletir mais uma vez como temos que dar GRAçAS a DEUS todos os dias por estarmos vivos e com saude. Eme fez lembrar tambem que TEMOS SEMPRE QUE TER VONTADE DE VIVER A VIDA INTENSAMENTE!!!Ou seja somos felizes por estarmos vivos...